Seguidores

domingo, 12 de dezembro de 2010

Sussurre...

 Embora gritar e liberar o stress possa ser bom em alguns locais, a ideia não é nada boa para a sua vida em casa. Em relação aos relacionamentos, principalmente aqueles que já têm problemas, a melhor ideia é sussurrar. A psicóloga forense Kerry Daynes é especializada em relacionamentos e afirma que casais fariam um bem ao relacionamento deixando a voz baixa.
“Quando os casais têm uma comunicação difícil, sussurrar pode ser uma técnica boa”, diz. “Ela requer que as duas partes do casal façam um esforço para escutar o que o outro está dizendo, e a pessoa que fala tende a diminuir a velocidade da fala e pensar mais no que está dizendo”, explica Daynes. “Enquanto isso, a pessoa que escuta tem que se concentrar para ouvir o que está sendo dito, e pode escutar melhor do que normalmente”, completa.


A psicoterapeuta Hettie Hunter, especializada em relacionamentos, afirma que falar mansamente é uma ferramenta útil para casais que se afastaram mas que têm vontade de recuperar a relação.
“O poder do sussurro é algo que adquirimos desde o nascimento”, explica. “A voz baixa e o toque são nossas primeiras experiências sensoriais, e são uma parte importante do processo de criação de laços: as mães cantam em voz baixa e sussurram para os bebês”, diz a especialista.
Daynes afirma que o sussurro pode ser também uma maneira de recuperar o período de lua-de-mel do relacionamento: “Ele ajuda a criar uma atmosfera de intimidade, e no início dos relacionamentos é comum falar baixinho com os parceiros”, diz. Além disso, o poder do sussurro é maior do que apenas as palavras que são ditas, afirma a psicóloga. “O sussurro requer proximidade, você precisa ficar próximo à cabeça do parceiro para falar”, diz.

Ouvido direito ou esquerdo?
De acordo com pesquisas, também ajuda sussurrar no ouvido “certo”: um estudo realizado na Universidade do Texas, nos Estados Unidos, mostra que palavras emocionais foram consideradas mais poderosas e foram mais bem lembradas quando são faladas para o ouvido esquerdo. Mensagens não-emocionais, como instruções ou direções para um local, foram mais bem lembradas quando ditas no ouvido direito, o lado do corpo controlado pela parte lógica do cérebro.


Daynes admite, entretanto, que é necessário muito mais do que palavras doces no ouvido correto para salvar um casamento, mas a vontade de tentar mostra um compromisso com a relação. “É uma estratégia simples, e casais com problemas devem também considerar procurar ajuda profissional para aprender a negociar, discutir construtivamente e dar retorno ao parceiro sem criticá-lo”, explica. “Usar só o sussurro para salvar o relacionamento é como diminuir o volume da televisão quando você deveria mudar o canal”, diz a especialista.


Adaptado do Hypescience

4 comentários:

Noivinha Lu disse...

Nossa...que interessante!!

Fora que sussurro no ouvido é muito bom!rs

Beijocas...

Ju e Dani disse...

mt legal!!! é verdade mesmo... a gente qd quer ser ouvida, grita!!! rs rs rs
O ideal é mesmo falar baixinho para ser ouvida! hehehe

Marília disse...

Adorei esse post.
tenho mania de falar alto 'ás vezes'
e não faz bem para o relacionamento aquelas gritarias né?

O sussuro é melhor e vale apena, rs

Flor, já estou te seguindo, e sempre irei te acompanhar..
Adorei o seu blog!
Beijo Grande!

Dani disse...

Ola !!!! Faco ballet na mesma escola que sua irma e sua mae, e ela me disse sobre seu blog, entao, entrei pra conhecer a tao famosa leticia que a mamar fala tao orgulhosa...

Fica com Deus , Parabens pelo casamento e pelo Blog, adorei...e vou pegar varias dicas !!!!

As imagens do blog estão sem os créditos pq eu já vinha coletando há tempos para uso pessoal e não salvei os donos. Caso alguém saiba, pode falar que eu coloco ;)